quinta-feira, 31 de julho de 2008

Ensaio Marcus Jamacaru...

Várias trilhas cruzam a Chapada do Araripe e uma delas é a do Picoto do Serrano. Local de rara beleza e com uma vista estonteante do Vale do Cariri.
Este ponto turístico do Crato foi a paisagem para o ensaio com a Juliana Rocha e a Smyrna Jamacaru que re
alizamos durante a ExpoCrato 2008.





terça-feira, 29 de julho de 2008

Ensaio Fotográfico - Dihelson Mendonça


Outras fotos quando o ensaio terminar, e estarão disponíveis na nossa seção Garota Blog do Crato:

www.garotablogdocrato.blogspot.com

Fotos: DM STUDIO - Fotografia
Fotógrafo: Dihelson Mendonça


É expressamente proibida e reprodução do material fotográfico sem autorização do autor.
Os infratores estarão sujeitos às penalidades na forma da lei.

segunda-feira, 28 de julho de 2008

VITRINE VIRTUAL, Pachelly Jamacaru

Minha Homenagem aos Vaqueiros de Pernambuco por ocasião da MISSA DO VAQUEIRO. Serrita-Pe.





Fotos: Pachelly Jamacaru
"Direitos Reservados"

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Ensaio, Marcus Jamacaru...

MOVIMENTO NA EXPOCRATO 2008...








ENSAIO, Pachelly Jamacaru

O Cristo é de longe o símbolo turístico da nossa cidade. É o nosso Cartão Postal que recebe de braços abertos todos aqueles que nos visitam! Lancei o meu olhar com as suas bençãos!








"Fotos: Pachelly J.
Direitos reservados"

sábado, 19 de julho de 2008

Ensaio, Moacir S. Cavalcanti





































Arco-Iris, vimos asteados em quase todas as casas por onde passávamos; nas estradas e ruas das cidades do Peru, isso nos deixou um pouco curiosos e descobrimos que essa bandeira é o símbolo de um império que ainda hoje tem grande influência e deixou uma importante marca nos povos Andinos; as casas têm cores em tons pastéis, em recompensa o seu povo tem um espirito com as cores de sua bandeira, Arco-iris.

ARMAZENAMENTO DIGITAL

As primeiras gerações de câmeras digitais tinham armazenamento dentro da câmera. Você precisava conectar a câmera diretamente a um computador por cabos para transferir as imagens. Embora a maioria das câmeras hoje seja capaz de conectar a um porto de série, paralelo, SCSI, e/ou um porto USB, elas geralmente fornecem algum tipo de dispositivo removível de armazenamento.
Há um grande número de sistemas de armazenamento atualmente usados em câmeras digitais:
• Memória interna - algumas câmeras extremamente baratas têm memória interna de flash interna. Cartões de SmartMedia - os cartões de SmartMedia são módulos pequenos de memória de flash.
• CompactFlash - os cartões de CompactFlash são uma outra forma de memória flash, similar mas ligeiramente maior do que aos cartões de SmartMedia.
• Memory Stick – memory stick é uma forma proprietária da memória flash usado pela Sony.
• Floppy Disk - algumas câmeras armazenam imagens diretamente em discos flexíveis.
• Disco Rígido - algumas câmeras de alta qualidade usam pequenos cartões internos de disco rígido, ou do disco rígido PCMCIA, para o armazenamento da imagem.
• Writeable CD and DVD - algumas das câmeras mais novas estão usando um gravador de CD ou DVD para armazenar fotos.
Com o objetivo de transferir os arquivos de um dispositivo de memória flash para seu computador sem usar cabos, você necessitará ter um drive ou um leitor para seu computador. Estes dispositivos comportam-se como disquetes flexíveis e são baratos para comprar.
Pense em todos estes dispositivos de armazenamento como filme digital reutilizado. Quando você enche um, você deve transferir os dados ou por outro na câmera. Os tipos diferentes de dispositivos de memória flash não são permutáveis. Cada fabricante da câmera decidiu-se em um dispositivo ou em outro. Cada um dos dispositivos de memória flash necessita também algum tipo do transportador ou leitor de cartão para transferir os dados.
Armazenamento: Capacidade de Imagem
No momento, há dois tipos principais de meios de armazenamento em uso hoje. Algumas câmeras usam os disquetes 1.44-mb, e algumas usam as várias formas de memória flash que têm capacidade que vão de muitos megabytes a 1 gigabyte. Há diversos outros formatos, mas por agora nós discutiremos estes dois.
A diferença principal entre os meios de armazenamento é sua capacidade: A capacidade de um disquete é fixa, e a capacidade de dispositivos de memória flash está aumentando a toda hora. Isto é afortunado porque o tamanho da foto está também aumentando constantemente, enquanto as câmeras de alta definição se tornam disponíveis.
Os dois formatos principais de files usados por câmeras digitais são TIFF e JPEG. O TIFF é um formato não comprimido e o JPEG é um formato comprimido. A maioria das câmeras usa o formato de file JPEG para armazenar fotos, e elas às vezes oferecem ajustes da qualidade (tais como médio ou alto). O seguinte quadro dar-lhe-á uma idéia dos tamanhos de file que você pôde esperar com tamanhos diferentes de fotos.
Tamanho de Imagem TIFF
(não comprimido) JPEG
(alta qualidade) JPEG
(media qualidade)
640x480 1.0 MB 300 KB 90 KB
800x600 1.5 MB 500 KB 130 KB
1024x768 2.5 MB 800 KB 200 KB
1600x1200 6.0 MB 1.7 MB 420 KB
Uma coisa que se torna aparente é que um disco 1.44-mb não pode conter muitas fotos. Na verdade, em alguns tamanhos de imagem você não pode nem mesmo encaixar uma foto no disco. Mas o disquete tem seus usos. Para publicação na Internet e envio de fotos para os amigos, você quase nunca precisa de uma foto maior do que 640x480, e você irá quase sempre salvá-la no formato JPEG. Neste caso, você pôde poder encaixar 16 ou mais fotos em cada disco.
Se você estiver tentando armazenar fotos grandes e de alta qualidade você pode, então, você irá querer o meio de capacidade mais elevada. Um cartão de memória 128-mb flash, por exemplo, poderia armazenar mais de 1.400 imagens pequenas ou comprimidas ou 21 fotos não comprimidas de 1600x1200. Você provavelmente nunca usaria todo o 128MB se você estivesse somente tirando fotos pequenas, mas se você estivesse tirando fotos grandes, esta seria a única maneira de fazer. Essa grande capacidade também pode ser útil no caso de você estar em uma viagem longa e quer tirar muitas fotos.

Fonte de pesquisa:
Camaradigital.com.br

segunda-feira, 14 de julho de 2008

Vitrine Virtual, Marcus Jamacaru...

Unidas pelo Amor...

Fotos no jardim da minha casa retratam o momento especial de duas borboletas no ato de perpetuação da espécie!!




sexta-feira, 11 de julho de 2008

Vitrine Virtual, Marcus Jamacaru...

Ai está um animalzinho simpático e abundante em nossa região rsrsrs!! Fiz essas fotos na varanda da minha casa enquanto os amigos soins se alimentavam das bananas que coloquei.



DICAS DIGITAL... 2: LENTES E COMPRIMENTO DE FOCO

Lentes e Comprimento de Foco
Uma lente de câmera coleta a luz disponível e focaliza a mesma no sensor. A maioria das câmeras digitais utiliza técnicas de focalização automáticas.

A importante diferença entre a lente de uma câmera digital e a lente de uma câmera de 35mm está no comprimento focal. O comprimento focal é a distância entre a lente e a superfície do sensor. Como já havíamos dito antes, a superfície de um sensor de filme é muito maior do que a superfície de um sensor CCD. Na verdade, um típico sensor digital de 1.3-megapixel é aproximadamente um sexto das dimensões lineares do filme. A fim de projetar a imagem em um sensor menor, é necessário encurtar o comprimento focal pela mesma proporção.

O comprimento focal é também a informação crítica em determinar quanto ampliação você consegue quando olha através de sua câmera. Em câmeras de 35mm, uma lente de 50mm dá uma vista natural do objeto. À medida que você aumenta o comprimento focal, você consegue uma ampliação maior e os objetos parecem estar mais perto. À medida que você diminui o comprimento focal, as coisas parecem estar mais distantes, mas você pode capturar um campo de vista mais largo na câmera.

Existem quatro tipos diferentes de lentes em câmeras digitais:

· Foco fixo, lentes de aumento fixas – Essas são os tipos de lentes em câmeras convencionais que são descartáveis, baratas e funcionam para fotos rápidas, mas são muito limitadas.

· Lentes de aumento óticas com foco automático – Parecida com as lentes de uma câmera de vídeo camcorder, você tem as opções “mais larga”, e “telephoto” e foco automático. A câmera pode ou não deixar você trocar o foco manual.

· Lentes digitais de aumento – Com o zoom digital, a câmera tira pixels do centro do sensor de e os liga para fazer uma imagem total. Dependendo da definição da foto e do sensor, essa aproximação pode criar uma imagem borrada ou indefinida. Acontece que você também pode fazer a mesma coisa manualmente como um zoom digital faz – simplesmente tire uma foto e depois corte o centro da foto quando for a utilizando o seu software de processamento de imagem.

· Sistema de lentes substituível – Se você é familiar com câmeras 35mm de alta qualidade, então é familiar com o conceito de lentes substituíveis. Câmeras de alta qualidade podem utilizar o mesmo sistema, e de fato podem usar lentes de câmeras 35mm em alguns casos.

Comprimento de Foco: 35mm Equivalentes

Uma vez que muitos fotógrafos que usam câmeras de filme são familiares com comprimentos de lentes que projetam uma imagem em filme de 35mm, muitas câmeras digitais anunciam que seu comprimento focal é equivalente a 35mm. Esta é uma informação extremamente útil de se ter. No quadro abaixo, você pode comparar os atuais comprimentos focais de uma típica câmera de 1.3-megapixel e de seu equivalente em uma câmera de 35mm.

Comprimento Focal
35mm Equivalente
Visão
Típicos Usos

5.4 mm
35 mm
Os objetos parecem menores e mais longes.
Fotos grandes, paisagens, prédios grandes, grupos de pessoas

7.7 mm
50 mm
As coisas parecem iguais aos que seus olhos vêem.
Fotos normais de pessoas e objetos

16.2 mm
105 mm
Os objetos são ampliados e parecem mais perto.
Telephoto shots, close-ups

Photosites e Pixels

Se você ler as indicações da câmera digital com cuidado, você observará que o número de pixels e os números máximos da definição/resolução não batem completamente. Por exemplo, uma câmera reivindica ser uma câmera 2.1-megapixel e é capaz de produzir imagens com uma definição de 1600x1200. Vamos fazer os cálculos: uma imagem 1600x1200 contém 1.920.000 pixels. Mas " megapixel 2.1" significa que deve pelo menos ter 2.100.000 pixels. Este não é um erro de arredondamento, e não é truque de matemática binária. Há uma discrepância real entre estes dois números. Se uma câmera disser que tem 2.1 megapixels, então realmente há aproximadamente 2.100.000 photosites no CCD.

O que acontece é que alguns dos photosites não estão sendo usados para a imagem. Recorde que o CCD é um dispositivo análogo. É necessário fornecer alguns circuitos aos photosites de modo que o ADC possa medir a quantidade de carga. Estes circuitos são tingidos de preto de modo que não absorvam nenhuma luz e não distorçam a imagem.

Pesquisa:
Site camaradigital.com.br

quinta-feira, 10 de julho de 2008

CONVITEFOTOGRAFIA

ENCONTRO DESSA VEZ SERÁ NA EXPOCRATO DIA 16 DE JULHO AS 17H NO STAND DA URCA
PAUTAS:
PREMIAÇÃO DO CONCURSO BRINCADEIRAS E JOGOS DE RUA
CONVERSA SOBRE ENCONTRO DE FOTOGRAFIA POPULAR MÊS DE SETEMBRO NO CARIRI
CONENCONTRO NACIONAL DE CULTURA POPULAR EM NOVEMBRO
É IMPORTANTE A PARTICIPAÇÃO DE FOTOGRAFAS, FOTOGRAFOS, ARTISTAS, SIMPATIZANTES, AMIGOS, AMIGAS...
ATÉ LÁ.

ESSA É UMA AÇÃO:

GRUPO DE FOTOGRAFOS E FOTOGRAFAS POESIA DA LUZ
LIRA NORDESTINA
INSTITUTO DA FOTOGRAFIA DO CEARÁ

terça-feira, 8 de julho de 2008

Ensaio, Marcus Jamacaru...

Uni nesse ensaio fotográfico duas das minhas paixões: fotografia e pescaria. O ensaio foi feito em uma barragem no Sítio Cachoeira dos Gonsalves, no município de Crato e a espécie de peixe que estava sendo pescado era o Piau. O horário da manhã e o céu nublado ajudaram na fotografia pesca.








segunda-feira, 7 de julho de 2008

VITRINE VIRTUAL, Pachelly Jamacaru

TURISMO: O MIRANDÃO em foco...

Sob o batuque de uma animada charanga, o Hino do Crato foi entoado e ecoou na tarde de domingo com vibração, alegria! E não era pra menos, no time da casa venceu o Barbalhense pelo placar de 4 x 3, numa partida bem disputada, chegando a serem marcadas 4 penalidades máximas! Eu que nunca havia ido ao Mirandão, confesso que fiquei empolgado com a empolgação da torcida pelo seu clube querido! De cara encontrei o grande artista, Luis Carlos Salatiel, amigo de tantas jornadas, que me deu as coordenadas, onde comprar ingresso, onde acessar, rs rs rs... E, uma vez lá dentro do Grande Miranda, o pessoal da portaria me foram simpáticos e me facilitaram um bom acesso para fotografar. Vi que muita gente boa, amiga, como: Pastor, o amigo e colega de classe, Jackson Antero do IBAMA, Professor Rafael Dias, dentre tantos... Mulheres, crianças que fazem da tarde de domingo, um ponto de encontro. Bacana isso! Senti-me num ambiente familiar! Parabéns aos organizadores, penso voltar outras vezes!

A galera na expectativa, impulsiona o esquadrão azul rumo a vitória!

Cobrança de pênalti, depois foi correr pro abraço!

Aí, foi só comemorar e estender a bela bandeirona do timão querido!


Faço saber que estou confeccionando um mine álbum com imagens do Crato, sob o título: “Crato, “quem já te viu, ó não te esqueces mais”. O mine álbum, é composto de 50 fotografias mesclando imagens da cidade com outras colhidas em toda extensão do município. Funciona como um produto artesanal, uma lembrança muito adequada para dar como presente ou ser adquirido por turistas em visita à cidade.
Interessados passar email: pjamaca@bol.com.br ou, ligar para: 3521.0831
Venda sob encomenda.


Fotos: Pachelly Jamacaru
"Direitos reservados"

sexta-feira, 4 de julho de 2008

Ensaio, Marcus Jamacaru...

Imagens de Beira de Açude...